Blog

A importância do processo

3 de abril de 2012
por João Gabriel Rosa

Depois de um nem tão frustrante resultado no vestibular que prestei para engenharia mecânica na UFPR, um ano de ócio misturado a alguns trabalhos curiosos.

Uma grande escolha

29 de março de 2012
por Fabio Henrique Faria

E agora, arquitetura? Foi a dúvida com que me deparei no fim do ensino médio. Estudei no colégio da polícia e teria facilidades para ingressar na academia militar. Decidi pelo caminho, não digo o mais difícil, mas com certeza o mais longo, decidi por algo que me fascinava. Parei de trabalhar, havia começado aos 13 anos, e comecei a estudar. Passei no primeiro ano em arquitetura na Universidade Tuiuti do Paraná. Como sabia do resultado, faltei à prova da PUC. Na UFPR fui até a segunda fase, eliminado na prova…

Onde fui me meter!

29 de março de 2012
por Eron Costin

“Concursos de arquitetura são uma competição” - O espírito competitivo sempre esteve presente em mim. Nascido e criado em Mafra, uma pequena cidade do interior de Santa Catarina, as opções de lazer eram limitadas. Não havia cinema, shopping ou parques, mas havia muitas opções para quem quisesse praticar esportes. Assim aos 8 anos ganhei minha primeira medalha, a modalidade era o bicicross, em uma prova em que éramos apenas dois competidores.

Curitiba através do espelho

29 de março de 2012
por Emerson Vidigal

Comecei no curso de arquitetura da UFPR em 1993, época em que, no inverno, Curitiba ainda fazia frio. Cheguei por aqui um ano antes, vindo do Norte do Paraná, e, para alguém desacostumado à vida na metrópole, esse primeiro ano de contato com uma “cidade grande” é essencial na construção da nossa maneira de ver o mundo.

Termo muito curto, digite ao menos três caracteres.

Categorias

Translate »
Translate